[Turismo] Um Pouquinho de Maxaranguape – RN

Maxaranguape – Rio Grande do Norte

Maxaranguape - RN

Maxaranguape - RN

O rio corta o vilarejo de Maxaranguape e foi às margens dessas águas que o povoado surgiu. Para os visitantes, vale apreciar a beleza do encontro do rio com o mar ou, ainda, conhecer a Árvore do Amor, um curioso abraço dos troncos de duas gameleiras.
A Barra de Maxaranguape é procurada para a prática de pesca e é ótima também para banho de mar nas águas, calmas devido à presença dos recifes ao longo de toda a extensão.

Maxaranguape reúne belezas naturais a um importante marco geográfico: o ponto mais próximo da África de  todo o continente, o Cabo de São Roque. Na Praia de Maracajaú, os passeios de barco levam aos Parrachos, excelentes para o mergulho. Em Maxaranguape, o rio corta o vilarejo e adentra o mar, num cenário de rara beleza.
Possui águas cristalinas e é excelente para prática de mergulho e snorkeling. Em seus famosos parrachos, deslumbrante recife de corais encontrados a 7 km da costa, podem ser admiradas centenas de espécies da rica e colorida fauna e flora oceânica, formando um maravilhoso aquário natural. São 13 km2 de área para você mergulhar, com profundidades que variam de 1,0 a 4,0 metros na baixa mar. Maracajaú também possui dunas, lagoas e é cenário ideal para uma longa e tranqüila caminhada. É uma ótima opção para quem quer relaxar, curtir a natureza, conhecer um lugar aconchegante, seguro e deslumbrante do jeitinho que Deus deixou.

A barra é uma praia agradável pra quem gosta ou tem vontade de conhecer Pipa. Por que as duas fazem o mesmo “estilo”. Tanto com relação às Falésias, quanto com relação à temperatura da água, que é mais baixa.
É também uma das praias mais limpas do RN. Lá também tem um santuário ecológico, parecido com o de Pipa, que é todo voltado pras espécies de vegetação do local, já que possui uma variedade impressionante.
A praia é boa pra quem procura “sossego”‘, quem quer ficar um pouco afastado de tudo, pois é semi deserta.

- Karolyne S. Lins

No início da praia é possível ver o encontro do rio Maxaranguape com o mar. O interessante é que a água do rio continua doce, mesmo com o avanço do mar. Em toda a extensão da praia estão espalhadas pelo chão conchas e pedrinhas que dão um colorido especial ao lugar. Possui também piscinas naturais em alto mar (cerca de 4 milhas da costa). O passeio de barco é bastante procurado pelos freqüentadores, que podem, na maré baixa, passar até 12 horas nos Parrachos com direito a encontrar até ‘grama’ por lá. Aproveitando a parada do terminal, os turistas podem encontrar um pouco mais à frente, o limite de Barra com Caraúbas, o farol, o Cabo se São Roque e as gameleiras do amor. O primeiro poderia ser considerado uma atração convencional, mas sua vista panorâmica da praia se torna especial. Já o Cabo, que é famoso por ser o ponto do país mais próximo da África, atrai inúmeros visitantes. As gameleiras do amor são duas árvores que se uniram formando uma só. Exóticas, são apreciadas por todos. Para os jovens, veranear a gosto de agitos, os pontos de encontro é a pracinha e os bares.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: