[Turismo] Canindé de São Francisco – SE

Canindé de São Francisco

Encravada no sertão sergipano, às beiras do rio São Francisco, Canindé de São Francisco impressiona por suas belezas naturais. São paisagens deslumbrantes circundadas pelo rio, formações rochosas, fauna e flora diversificada, vales com cânions e paredes de pedra que fazem daqui um destino perfeito para o ecoturismo. Rafting, rapel, mergulho, canoagem e trekking são algumas das atividades oferecidas na região, além de passeios de lancha, catamarã e saveiro pela imensidão do São Francisco.

Canindé tem uma forte participação na história e na cultura nordestina: foi por aqui que Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, e Maria Bonita, ícones do cangaço, morreram em 1938. As andanças do casal e sua trupe deixaram suas marcas pela cidade e redondezas . A cidade é ainda um impressionante sítio arqueológico: estão bastante conservadas as marcas deixadas em rochas pelos primeiros habitantes da região, que aqui viveram há cerca de oito mil anos atrás.

É aqui também que está a Usina Hidrelétrica do Xingó, construída no final de década de 80 pela necessidade de atender as demandas energéticas da região nordeste através do represamento do rio São Francisco. E se antes o rio era pouco navegável por conta de corredeiras, depois da barragem as águas ficaram propícias ao lazer e colocou Canindé na rota turística nacional.

Localizada a 213 quilômetros da capital do estado Aracaju, o clima da cidade é semi-árido, com sete e oito meses de sol intenso, e a vegetação é a caatinga, típica de solos rasos, arenosos e pouco férteis.

Rica em cultura, natureza e na sua população única, equilibrando de forma harmônica o homem e o meio ambiente, Canindé de São Francisco é um dos destinos mais espetaculares do país.

[Fonte: Brasil Viagem]

Anúncios

[Praia] A Natureza Fala Alto em Aracajú / SE

Aracajú - SE

Em 1855, Aracaju se vê transformada em capital de província. Graças à juventude dessa pequena grande cidade, a capital de Sergipe recebeu planejamento urbano moderno e tem sido cada vez mais descoberta como destino turístico para quem busca uma cidade bem urbanizada, bonita, tranquila e segura.

Nada falta por aqui, centros de artesanato, restaurantes e bares, praias urbanas e também afastadas. Não se esqueça de dar uma volta de barco, até a foz do São Francisco ou à famosa praia de Mangue Seco. As pequenas cidades históricas de São Cristóvão e Laranjeiras completam belo circuito pela região de Aracajú.

[Fonte: Ministério do Turismo]