[Turismo] Conheça as 12 Melhores Cachoeiras do Brasil

Melhores Cachoeiras do Brasil

Com a temporada de férias do mês de julho, os mais diferentes destinos começam a ser buscados por inúmeros brasileiros. São viagens nacionais e internacionais para cidades e lugares inesquecíveis. Aqui mesmo no Brasil você encontra inúmeras opções de lazer, desde campos e praias até as mais modernas cidades. No quesito campo, as cachoeiras fazem muito sucesso entre os turistas.

O país possui grandes e preservadas áreas verdes, onde você encontra o melhor da natureza. São centenas de cachoeiras, localizadas em diferentes estados e regiões. Você tem inúmeras cachoeiras para visitar nas férias, é só escolher uma mais próxima de onde você mora ou então escolher entre as mais belas do país.

Recentemente foi feita uma pequena lista com as melhores cachoeiras do Brasil. Nela estão lindas cachoeiras que conquistam pela beleza natural e pelas águas cristalinas. Algumas, como a enorme de Foz do Iguaçu, não tem águas tão límpidas assim, mas possui uma grande quantidade de água, provocando uma imagem inesquecível para quem a visita. A cachoeira de Foz do Iguaçu é anualmente visitada por milhares de pessoas. São turistas nacionais e também pessoas vindas de fora só pra conhecer a beleza natural de uma cachoeira gigante como essa.

O turismo de aventura em cachoeiras também é um ponto forte nas férias de julho. Dependendo da cachoeira, você pode pratica rapel e também decidas com botes. A decida com botes infláveis é indicada apenas em cachoeiras de pequenos portes, onde existe um rio com uma forte correnteza. A cachoeira do buracão BA está no topo da lista das melhores cachoeiras. As águas fortes do Buracão, um cânion de rochas folhadas, foram descobertas em 2001, por um grupo de turistas mulheres.

Cada cachoeira tem sua beleza e característica especial. As cataratas do Iguaçu estão entre as maiores do mundo e por isso são sempre lembradas quando o assunto é cachoeira. A seguir você confere uma lista com as melhores cachoeiras do Brasil.

Cachoeira do Buracão
Cataratas do Iguaçu
Cachoeiras do Vale do Alcantilado
Cachoeira do Vale do Rio Maca
Cachoeira do Lajeado
Cachoeira do Veloso
Cascata do Caracol
Cachoeira dos Garcia
Cachoeira de Santo Izidro
Cachoeira de Casca D’Anta
Cachoeira de São Francisco
Cascatas do Rio Mimoso

[Fonte: Mundo das Tribos]

Com a temporada de férias do mês de julho, os mais diferentes destinos começam a ser buscados por inúmeros brasileiros. São viagens nacionais e internacionais para cidades e lugares inesquecíveis. Aqui mesmo no Brasil você encontra inúmeras opções de lazer, desde campos e praias até as mais modernas cidades. No quesito campo, as cachoeiras fazem muito sucesso entre os turistas.

O país possui grandes e preservadas áreas verdes, onde você encontra o melhor da natureza. São centenas de cachoeiras, localizadas em diferentes estados e regiões. Você tem inúmeras cachoeiras para visitar nas férias, é só escolher uma mais próxima de onde você mora ou então escolher entre as mais belas do país.

Recentemente foi feita uma pequena lista com as melhores cachoeiras do Brasil. Nela estão lindas cachoeiras que conquistam pela beleza natural e pelas águas cristalinas. Algumas, como a enorme de Foz do Iguaçu, não tem águas tão límpidas assim, mas possui uma grande quantidade de água, provocando uma imagem inesquecível para quem a visita. A cachoeira de Foz do Iguaçu é anualmente visitada por milhares de pessoas. São turistas nacionais e também pessoas vindas de fora só pra conhecer a beleza natural de uma cachoeira gigante como essa.

O turismo de aventura em cachoeiras também é um ponto forte nas férias de julho. Dependendo da cachoeira, você pode pratica rapel e também decidas com botes. A decida com botes infláveis é indicada apenas em cachoeiras de pequenos portes, onde existe um rio com uma forte correnteza. A cachoeira do buracão BA está no topo da lista das melhores cachoeiras. As águas fortes do Buracão, um cânion de rochas folhadas, foram descobertas em 2001, por um grupo de turistas mulheres.

Cada cachoeira tem sua beleza e característica especial. As cataratas do Iguaçu estão entre as maiores do mundo e por isso são sempre lembradas quando o assunto é cachoeira. A seguir você confere uma lista com as melhores cachoeiras do Brasil.

Cachoeira do Buracão

Cataratas do Iguaçu

Cachoeiras do Vale do Alcantilado

Cachoeira do Vale do Rio Maca

coCachoeira do Lajeado

Cachoeira do Veloso

Cascata do Caracol

Cachoeira dos Garcia

Cachoeira de Santo Izidro

Cachoeira de Casca D’Anta

Cachoeira de São Francisco

Cascatas do Rio Mimoso

Com a temporada de férias do mês de julho, os mais diferentes destinos começam a ser buscados por inúmeros brasileiros. São viagens nacionais e internacionais para cidades e lugares inesquecíveis. Aqui mesmo no Brasil você encontra inúmeras opções de lazer, desde campos e praias até as mais modernas cidades. No quesito campo, as cachoeiras fazem muito sucesso entre os turistas.

O país possui grandes e preservadas áreas verdes, onde você encontra o melhor da natureza. São centenas de cachoeiras, localizadas em diferentes estados e regiões. Você tem inúmeras cachoeiras para visitar nas férias, é só escolher uma mais próxima de onde você mora ou então escolher entre as mais belas do país.

Recentemente foi feita uma pequena lista com as melhores cachoeiras do Brasil. Nela estão lindas cachoeiras que conquistam pela beleza natural e pelas águas cristalinas. Algumas, como a enorme de Foz do Iguaçu, não tem águas tão límpidas assim, mas possui uma grande quantidade de água, provocando uma imagem inesquecível para quem a visita. A cachoeira de Foz do Iguaçu é anualmente visitada por milhares de pessoas. São turistas nacionais e também pessoas vindas de fora só pra conhecer a beleza natural de uma cachoeira gigante como essa.

O turismo de aventura em cachoeiras também é um ponto forte nas férias de julho. Dependendo da cachoeira, você pode pratica rapel e também decidas com botes. A decida com botes infláveis é indicada apenas em cachoeiras de pequenos portes, onde existe um rio com uma forte correnteza. A cachoeira do buracão BA está no topo da lista das melhores cachoeiras. As águas fortes do Buracão, um cânion de rochas folhadas, foram descobertas em 2001, por um grupo de turistas mulheres.

Cada cachoeira tem sua beleza e característica especial. As cataratas do Iguaçu estão entre as maiores do mundo e por isso são sempre lembradas quando o assunto é cachoeira. A seguir você confere uma lista com as melhores cachoeiras do Brasil.

Cachoeira do Buracão

Cataratas do Iguaçu

Cachoeiras do Vale do Alcantilado

Cachoeira do Vale do Rio Maca

coCachoeira do Lajeado

Cachoeira do Veloso

Cascata do Caracol

Cachoeira dos Garcia

Cachoeira de Santo Izidro

Cachoeira de Casca D’Anta

Cachoeira de São Francisco

Cascatas do Rio Mimoso

[Turismo] Conheça o Paraíso de Angra dos Reis – RJ

Angra dos Reis – RJ

Com suas 365 ilhas, Angra dos Reis tem um litoral privilegiadíssimo. A beleza do mar e o charme da cidade a fazem um destino muito procurado por todo o ano. As atrações são tantas que precisaríamos de várias páginas para listar tudo. Há opções para todos os gostos. Se você quer sol e praia, lá tem sol e praia. Se você procura aventura, lá tem aventura. Se você preferir luxo e descanso, Angra é ideal. Mas se você quer agito, pode ir até lá que tem também!

Angra possui uma estrutura turística muito boa, com ótimas pousadas, restaurantes, bares, etc. Não deixe de visitar as ilhas num passeio de barco bastante prazeroso. Você vai se deparar com ilhas particulares (e suas enormes mansões!) monumentais.

[Fonte: Ministério do Turismo]

Sabia que a CMMC Turismo tem empreendimento nesse local? Confira!

[Turismo] Pequenas Cascatas em Nova Friburgo – RJ


Cascata Pinel / Cascata Santa Izabel

Formada pelo Rio Grande, é por tradição denominada Cascata Pinel em homenagem aos primeiros proprietários do Sítio, recebendo o nome oficial de Cascata Santa Izabel quando os príncipes imperiais visitaram a região em 1868. Está bem próxima à estrada de Sumidouro e destaca-se por sua imponência. Tem altura total entre 30m a 40m e grande volume d’água. Na parte mais elevada as águas descem por 3 degraus e se juntam caindo com intensidade, formando um grande salto. Com águas claras, a cachoeira é local propício a banhos, principalmente nas pequenas corredeiras e na piscina natural formadas após o segundo salto.

[Fonte: Brasil Viagem]

[Turismo] Cachoeiras, Trilhas e Praias. Guaraqueçaba – PR

A cidadezinha paranaense fica quase na divisa com o estado de São Paulo, às margens da baía de Paranaguá. Rodeada por reservas de mata Atlântica, tem cachoeiras, trilhas e quilômetros de praias. Para completar o ambiente, golfinhos costumam dar o ar da graça no início da manhã e no fim da tarde – para avistá-los, basta sentar nos banquinhos da praça principal.

Guaraqueçaba é ainda o ponto de embarque para o Parque Nacional do Superagui, uma área de 45 mil hectares que engloba as ilhas de Superagui, das Peças, do Pinheiro e do Pinheirinho. Os passeios de barco levam às praias onde as principais atrações são os animais ameaçados de extinção, como o papagaio-da-cara-roxa e o mico-leão-da-cara-preta.

Também marcam presença as aves marinhas, como o biguá, a fragata e a garça branca. Para quem pretende pernoitar na área, a vila de pescadores da praia Deserta oferece pequenas pousadas rústicas e restaurantes.

De volta à terra firme, inclua no roteiro uma visita à Reserva Natural Salto Morato, que abriga uma cachoeira de 130 metros de queda. O acesso à cascata é por trilha de nível leve e há poços naturais para banhos. Fácil também é enfrentar a Trilha do Quitumbê, de 800 metros e que termina em um mirante com vista panorâmica da cidade e da baía.

[Turismo] Terra das Cachoeiras. Carrancas – MG

Carrancas, também conhecida como a terra das cachoeiras, preserva sua história à beira da Estrada Real

Fazendas centenárias, cachoeiras globais e um povo simpático, pronto pra um dedo de prosa desapressado. Não há cara feia que resista aos encantos de Carrancas, no sul de Minas Gerais. De tão fascinante, a natureza desta tranquila cidadezinha já serviu como locação de novelas e minisséries. E também pode ser um cenário maravilhoso para suas próximas férias.

As atrações ficam dentro de propriedades particulares, espalhadas pela zona rural. O acesso é fácil, qualquer carro de passeio roda sem problemas pelo chão firme e batido de terra vermelha. Também, pudera, desde os tempos coloniais a região tem tráfego constante, pois está na rota da Estrada Real. A mesma por onde passaram toneladas de ouro e diamantes antes de serem embarcados para Portugal nos séculos 18 e 19. Hoje, a via histórica faz parte dos passeios; é caminho de grutas, cavernas e mais de cinquenta quedas d’água. Um verdadeiro parque aquático, naturalmente instalado numa zona de transição entre mata atlântica e cerrado. Imaculada, a mata é refúgio de espécies ameaçadas de extinção como lobos-guará, onça parda, tucanos, papagaios e siriemas.

Para conhecer os lugares mais bacanas (e não se perder nas trilhas), contrate um guia numa das agências locais. Os roteiros são divididos por “complexos”, reunindo atrações próximas e atividades para o dia todo. Prepare o fôlego, as botas de caminhada e comece pelos clássicos, como mergulhar no poço da Esmeralda, uma espécie de aquário gigante com tonalidade surreal. Pertinho da cidade, há um dos melhores passeios, o complexo da Toca. É possível chegar a pé, só não se esqueça de levar uma boa lanterna para explorar os 400 metros da gruta homônima. Ainda por ali, pule (com cuidado) no poço do Coração – e nade com os batimentos acelerados pela forte correnteza. Já no complexo da Zilda, seja corajoso e entre pela Racha (da Zilda), uma espécie de cânion formado por enormes paredões de pedra; a entrada, com o rio se afunilando numa passagem estreita de rochas, exige disposição de contorcionista. Uma vez superada esta etapa, siga em frente nadando entre o que parecem ser fundos de panelas gigantes. A cachoeira, escondida no salão final, é o melhor momento do dia. Ao final da aventura, um legítimo feito de Indiana Jones, fica impossível descrever ou fotografar a experiência como ela realmente é.

Outro lindo lugar, por sinal cartão postal da cidade, é a Cachoeira da Fumaça, a única em terras públicas. Por muitos anos, suas águas forneceram luz para a cidade através de uma pequena usina hidroelétrica. Mas atenção: apesar da beleza convidativa, é imprópria para banhos, pois além de possuir um traiçoeiro sumidouro, o ribeirão que a abastece, recebe o esgoto da cidade alguns quilômetros antes da formosa queda d’água. Uma injustiça à altura de seus 22 metros. O incrível é que no mesmo complexo, a poucos passos da linda, porém poluída Fumaça, outro ribeirão forma a deliciosa cachoeira Véu da Noiva, esta com águas cristalinas.

Somando-se à natureza superlativa, o turismo rural em Carrancas tem um efeito de máquina do tempo, afinal, pouca coisa mudou desde que os primeiros colonos chegaram em 1718. Uma visita às antigas fazendas dá uma boa impressão de como era viver num mundo girando em rotação mais lenta e saudável, além da sensação de estar no meio de uma gravação da novela “A Escrava Isaura”. Quer entrar no set? No Hotel Fazenda do Engenho, com mais de 250 anos, paredes grossas de pau a pique, piso de tábuas largas e um incontável acervo de objetos antigos, como uma vitrola de corda (funcionando perfeitamente) e um primitivo telefone de manivela fazem dali um autêntico museu feito de peças que tiveram uso real na fazenda. Outra construção imponente chama a atenção de quem segue pela Estrada Real em direção a Cruzília. É a sede da Fazenda Traituba, de 1821, propriedade da família Junqueira há seis gerações. Na majestosa Casa Grande, construída para recepcionar o Imperador D.Pedro I, é possível imaginar a enorme quantidade de escravos necessária para “tocar” os trabalhos diários. Seu interior conserva um oratório em estilo barroco e grande parte do mobiliário original. E ainda 14 dormitórios, duas cozinhas, corredores imensos e numa das sete salas, uma bela liteira, o Rolls Royce dos transportes daquela época.

Um mar de montanhas envolve o precioso patrimônio natural e histórico do município, incluindo serras de nomes curiosos como Luminárias, Broas, Bicas e Carrancas – nesta última, contam os antigos, uma rocha com formato de duas caras feias deu nome ao lugar. No relevo acidentado, com altitude média de 1000 metros, a temperatura cai fácil durante a noite, por isso, independentemente da época, tenha sempre um bom agasalho à mão. O tempo fica mais firme entre maio e agosto, e apesar das cachoeiras estarem geladas, faz um calorão danado durante o dia, garantindo o sucesso dos passeios. Por outro lado, de setembro a abril são registradas 80% das precipitações. Mesmo assim, podem ocorrer “veranicos”, períodos de seca entre janeiro e fevereiro. Seja quando for, reserve pelo menos três dias para desfrutar desta encantadora cidadezinha mineira. Como uma deliciosa refeição preparada em fogão à lenha, a viagem tem aquele gostinho bom de última mordida, uma vontade de “quero mais”.

[Turismo] Bela Paisagem em Tibagi / PR

A concentração de cachoeiras, corredeiras e formações rochosas atraem os adeptos do ecoturismo ao Parque Estadual do Guartelá, cartão-postal de Tibagi. A reserva abriga o sexto cânion mais extenso do mundo – o de Igapó, com 32 quilômetros. Para explorar a área, há trilhas sinalizadas com passarelas de madeira ou piso de cascalho que conduzem a cenários como os panelões do Sumidouro (buracos na pedra por onde escorrem as águas do rio) e o mirante da cachoeira Ponte de Pedra. Uma caminhada mais pesada, com três horas e acompanhamento obrigatório de guia, leva à lapa Polciano, repleta de pinturas rupestres.

Nos arredores do Parque do Guartelá também há muitas belezas escondidas e atividades a serem realizadas. Algumas propriedades particulares abrem as portas para a turma praticar esportes radicais e curtir a natureza. Entre elas estão as reservas Itaytyba e Salto Santa Rosa, com cachoeiras, piscinas naturais, mirantes e trilhas. Os adeptos do rapel seguem para a Fazenda São Damásio, com três paredões com alturas que variam de 30 a 72 metros. Outra opção é o Salto Puxa Nervos, uma descida de 45 metros. Lá em baixo, poços e pequenas quedas refrescam os turistas.

Não deixe de passear pelo centrinho de Tibagi para comprar tapetes de lã de carneiro e peças em bordado e crochê. Aproveite para visitar o Museu Desembargador Edmundo Mercer Junior, repleto de escafandros, peneiras e outros instrumentos utilizados para a prática do garimpo – atividade que marcou a região no século XIX.

[Ecologia] Verão de Junho a Setembro. Conheça Palmas / TO

Uma das principais atrações turísticas são os passeios ecológicos

Palmas - TO

A capital do Tocantins tem poucos anos de vida mas, apesar da sua pouca idade, oferece uma excelente qualidade de vida a seus moradores e visitantes.

É uma cidade planejada, com traçado moderno e arrojado, que começou a ser construída em 1989. Tem um forte potencial para o turismo, já contando com infra-estrutura de serviços necessários para o setor.

Uma das principais atrações turísticas são os passeios ecológicos, visto que a região tem forte vocação para o ecoturismo.

Nos meses entre junho e setembro, Palmas é uma excelente opção para visitar. Isto se dá pelo fato de lá ser verão nesta época, e a Praia Graciosa, com uma vasta extensão de areia às margens do rio Tocantins, é bem convidativa.

[fonte: Brasil Viagem]