[Turismo] Costa do Sauípe – BA

Costa do Sauípe é o maior pólo de turismo, lazer e negócios da América Latina, há apenas 76 km ao norte de Salvador. Localiza-se em uma das mais bonitas regiões do litoral norte da Bahia e vem se firmando como um dos melhores resorts do Brasil.

São cinco hotéis de nível internacional, seis confortáveis pousadas totalizando 1596 apartamentos, 15 restaurantes dos mais variados tipos, cinco centros esportivos, 18 piscinas e seis km de praias.

Oferce ainda: sala vip no Aeroporto Internacional Luis Eduardo Magalhães, em Salvador, transfer in/out aeroporto-Costa do Sauípe-aeroporto, centro médico com UTI móvel e médicos de plantão, bombeiros, fármácia, segurança, salva-vidas, transporte interno com carrinhos elétricos, bicicletas, charretes e micro-ônibus, transporte para Salvador e Praia do Forte e uma Central de Atendimento ao Cliente.

Há várias maneiras de chegar ao Resort. Quem vem de avião e pousa em Salvador basta aguardar a equipe de receptivo do Sauípe para dirigir-se ao Compexo. Quem vem de carro basta pegar a Linha Verde (BA 099), continuação da Estrada do Côco.

Já da cidade de Aracaju (Sergipe) são cerca de 270 Km. O caminho é pela BR-101, na direção sul, até o município de Estância, seguindo pela rodovia SE-318 até a divisa com a Bahia. A partir daí o percurso é pela BA-099 (Linha Verde), chegando na Costa do Sauípe.

[Fonte: Brasil Viagem]

[Turismo] Beleza é na Costa do Sauípe – BA

Costa do Sauípe – Bahia

O primeiro complexo de resorts do Brasil fica a pouco mais de cem quilômetros de Salvador. Na Costa do Sauípe estão cinco hotéis gigantescos, com estrutura de primeira e praia deserta em frente. Cada um tem seus restaurantes e suas piscinas e, juntos, dividem uma estrutura de lazer com spa, centros náutico, de golfe, equestre e de tênis. Outro atrativo é o Sauípe Eco Parque, uma reserva de 66 hectares de Mata Atlântica com trilhas para a prática de atividades como caminhada, cavalgada e ciclismo em meio a trilhas. Há ainda lagoas para passeios de caiaque bosques de sucupira, açaí, mangueiras, caju, pupunha e ipês.

No centro do empreendimento fica a Vila Nova da Praia, um centrinho comercial com fachadas inspiradas na arquitetura colonial baiana. Por lá, estão bares, cafés, restaurantes, lojinhas de artesanato e pousadas. Todas as noites, a praça da vila vira palco para apresentações e shows.

Quem não está hospedado no complexo pode passar o dia na vila e na praia salpicada de coqueiros, rochas na areia e ondas para surf – mas é preciso pagar uma taxa de permanência. Já para curtir as atividades dos resorts, paga-se à parte. No Centro Náutico há surf, caiaque, vela, pedalinho, water bike, tirolesa, passeio de barco e pesca. No Tennis Center dá para jogar tênis, paddle, squash, basquete, vôlei e futebol de salão. Aulas de equitação, cavalgadas nas dunas, na praia ou na mata, passeios de pônei ou charrete e ordenha de vacas podem ser feitos no Centro Equestre.

[Fonte: Férias Brasil]

[Paisagismo] Costa do Sauípe Lhe Aguarda!

Costa do Sauípe – BA

Paisagismo totalmente planejado para conseguir a integração perfeita com as belezas naturais.

A Costa do Sauípe é um dos mais bem estruturados complexos turísticos privados do Brasil. Está localizada a beira-mar, com seis agradáveis pousadas e cinco grandes hotéis, de alto padrão, administrados por redes internacionais. Dispõe de estrutura para a prática de diversas atividades esportivas, como quadras de tênis profissional, campo de golfe e centro náutico. Possui também espaços voltados para a realização de eventos e convenções de grande porte.
Conhecida pela natureza exuberante, a Costa do Sauípe localiza-se em área de proteção ambiental (APA). Para que os turistas conheçam as belezas naturais, são organizados passeios ecológicos na mata, nos rios e nas praias.
A Vila Nova da Praia é uma atração à parte na Costa do Sauípe. Sua arquitetura reproduz os típicos vilarejos baianos nas fachadas das casas, lojas e restaurantes. Lá, todo dia é possível conhecer mais sobre o folclore e as artes baianas em shows musicais, danças, mostras de artistas plásticos e oficinas de artesanato.
Na Vila, alimentação não é problema: quituteiras vendendo beijus e acarajés, restaurantes e barzinhos com mesas nas calçadas disputam a atenção dos visitantes. Para quem gosta de levar lembranças de viagem, há lojas variadas, oferecendo de produtos artesanais a sofisticadas jóias. Se precisar, o turista tem ao seu dispor tendas para massagens e até uma taróloga de plantão.

[Fonte: Embratur]

Mural CMMC – Costa do Sauípe

Costa do Sauípe, BA

Costa do Sauípe, BA

A Bahia ganha um novo destino

Distante 76 km ao norte da capital baiana, nasce um candidato a destino turístico número 1 do Brasil. É o megacomplexo Costa do Sauípe S.A., localizado na bela mas arredia praia de Sauípe.

Construído em terreno da Odebrecht e financiado pelo fundo de Previdência Privada do Banco do Brasil (Previ), o Costa do Sauípe consumiu cerca de R$ 340 milhões. São 176 hectares, por onde se espalham 5 resorts construídos por três das maiores empresas de hotelaria do mundo, 6 pousadas, campo de golfe, 15 quadras de tênis, área de lazer com piscinas, lojas, bares, restaurantes, etc.

Para fazer do norte da Bahia o destino turístico mais visitado do Brasil, o Costa do Sauípe vai oferecer ao turista múltiplas possibilidades de passeio e hospedagem. Entre as opções, passeios históricos a Salvador e roteiros de ecoturismo.

Quando estiver funcionando com força total, o que deve ocorrer em meados do ano que vem, o Sauípe S.A irá oferecer 1596 apartamentos, 2,5 mil empregos diretos e outros 8 mil indiretos. Três vôos charter, do Canadá, Inglaterra e Argentina, já estão fechados. Será uma nova invasão de turistas estrangeiros no norte da Bahia.

Complexo vai capacitar mão-de-obra local

Não é só o tamanho do empreendimento nem a beleza natural da região que chamam atenção à primeira vista. A filosofia empresarial que impera na construção do complexo deve ser ressaltada.

Na região de Sauípe existem 31 comunidades vivendo apenas da pesca primitiva e da produção artesanal de farinha e produtos de utilidade doméstica. O Sauípe S.A desenvolveu um projeto de assimilação da mão-de-obra local. Não querem que aconteça o que ocorre em outros locais do Caribe e do Brasil, onde ao lado de um paraíso turístico, criado para receber visitantes de todo o mundo, passe a existir um grande bolsão de pobreza.

Para tanto, contam com auxílio do Instituto de Hospitalidade, uma ONG financiada pela Odebrecht e por inúmeras outras instituições hoteleiras brasileiras, que atua no setor turístico na Bahia. O IH, como é conhecido, desenvolve há três anos um programa de capacitação de mão-de-obra, que visa a proporcionar aos nativos a possibilidade de concorrer no mercado de trabalho. E o projeto já começa a dar frutos. Muitos moradores da região foram contratados para trabalhar no SuperClubs, o primeiro dos hotéis, que será inaugurado dia 30 de setembro.

Em outra vertente, o IH procura fortalecer a identidade dos povos, mostrando a eles a história que lhes cabe e as oportunidades que advém com a chegada do complexo hoteleiro.