[Turismo] Ótima Pedida. Conheça Guarapari – ES

Ótima Pedida. Conheça Guarapari – ES

Praia de Meaípe é o point da turma jovem dia e noite

Um dos destinos de verão preferidos dos capixabas e mineiros, Guarapari está entre as cidades do litoral do Espírito Santo que melhor combina lazer com infra-estrutura. A orla, com muitas praias urbanizadas e tomadas por calçadões, quiosques, bares e restaurantes – caso das praias do Morro, das Castanheiras e da Areia Preta -, atrai famílias com crianças e idosos que curtem águas calmas e transparentes e areias monazíticas.

Moqueca capixaba: Delícia típica é preparada em panela de barro

Moqueca capixaba: Delícia típica é preparada em panela de barro

Já a turma jovem marca presença nas praias Enseada Azul e Meaípe – esta última mantém o astral de vila de pescadores e é o cenário ideal para o lançamento dos modismos de verão. Por lá ficam também os melhores restaurantes de frutos do mar da região, especializados na moqueca capixaba. O prato preparado em panelas de barro, ao contrário da receita baiana, não leva leite de coco e azeite de dendê. Meaípe é famosa ainda pela noite agitada. Junto com a vizinha Nova Guarapari, concentra as mais concorridas boates e casas noturnas da cidade.

Guarapari também reserva surpresas para os esportistas. Nas sossegadas praias do Sol, d’Ulé, Setibão e da Cerca há boas ondas o ano inteiro, assim como na movimenta praia do Morro. Os mergulhadores, que encontram águas ainda mais cristalinas entre dezembro e maio, fazem a festa nos naufrágios, ilhas e recifes bem próximos da costa. São peixes e corais coloridos, esponjas, tartarugas, polvos, arraias e lagostas espalhados por Três Ilhas, Farol da Escalvada e Ilha Rasa.

[Fonte: Férias Brasil]

Anúncios

[Surfe] “Em Busca da Onda Perfeita”

Praias brasileiras oferecem points de surfe para todos gostos


Praia do Francês - AL

Em busca da onda perfeita, nem sempre é preciso ir ao Havaí. A costa brasileira oferece de norte a sul surfe de primeira linha. Ondas tubulares ou longas, beach-breaks como point-breaks, badalação e tranquilidade, tudo isso pode ser encontrado nas praias brasileiras.

O colírio dos olhos dos surfistas é Fernando de Noronha. A época para o esporte se estende de dezembro até março com a chegada das ondulações norte e nordeste.

Na Cacimba do Padre, principal beach-break (ondas que quebram em bancos de areia) brasileiro, as ondas são bastante tubulares e rápidas. Para completar, o visual da ilha e do morro Dois Irmãos torna o surfe memorável. Outros picos do arquipélago são Conceição, Boldró e Laje do Bode.

Ainda no norte e nordeste, outras praias podem ser o destino de suas férias. A Praia do Francês, em Alagoas, recebe um forte crowd por conta de suas ondas tubulares e águas quentes. Na Praia da Pipa, Rio Grande do Norte, bancadas de areias, pedra e coral diversificam as opções de surfe.

Apesar de ser mais conhecida por suas águas calmas, a Bahia não fica para trás. Scar Reef é considerado um dos melhores reef breaks (bancada de coral) do país e em condições ideais, produz tubos perfeitos. Stella Martins, em Salvador, forma ondas fortes nas marés altas.

No Rio de Janeiro, Saquarema é considerada a capital do surfe nacional. A praia de Itaúna possui ondas pesadas que nas grandes ondulações de leste formam, no outside, esquerdas monstruosas e perfeitas de até 9 pés.

Outras locais que valem uma checada são a Praia da Vila e Vilatur. Já na capital do estado, a Prainha, localizada em uma reserva ambiental, é um dos mais regulares picos do Brasil oferecendo ondas de 2 aos 8 pés por todo o ano.

As cidades de Ubatuba e São Sebastião marcam os points do surfe no Estado de São Paulo. Itamambuca recebe altas ondas principalmente no canto direito. Ainda em Ubatuba, praias que devem ser conferidas são: Praia Grande, Praia do Félix, Vermelha e Praia das Toninhas.

Maresias, em São Sebastião, pode chegar a 8 pés com tubos perfeitos no Canto do Moreira e valas no meio da praia ainda proporcionam excelente nível de surfe.

Talvez o Sul seja a região com mais opções à prática do esporte. Uma das melhores direitas do país fica na praia de Matinhos, no Paraná. Na Ilha do Mel, as praias de Fora e Paralelas rodam ondas de até 6 pés perfeitas e tubulares.

Descendo pela região, Santa Catarina deve ser lembrada. Silveira, excelente point-break (fundo de pedra), pode oferecer mares alucinantes de até 12 pés. Em Florianópolis, Praia Mole e Joaquina são clássicos do surfe nacional, mas tome muito cuidado com localismo dos surfistas de Floripa. Para completar a surf-trip pelo estado, visite os picos de Garopaba, Imbituba (sede do WCT) e Praia do Rosa.

[Fonte: Terra]

Mural CMMC – Praia Mole

Praia Mole

Praia Mole

Praia Mole é a preferida dos jovens

Uma das praias preferidas pela moçada é, sem dúvida, a Mole. É lá que se reúne a galera “sarada”. Surfe e azaração são os requisitos básicos dos freqüentadores desta praia situada no leste da Ilha. As ondas perfeitas atraem surfistas de todo o Brasil. Um monumento dedicado a eles lembra que o local é área institucionalizada do esporte e que já passaram por suas águas feras do surfe.

Para paquerar e surfar ou experimentar as bebidas dos quiosques, visitar a Mole é um programa que sempre vale a pena. É a praia que impõe modismos e gírias, e é lá que acontece a troca de informações sobre os agitos e as melhores festas da Ilha. Os banhistas devem ficar atentos, o mar da Mole é agitado. Respeitar as sinalizações é fundamental. Suas ondas são indicadas apenas para os surfistas com prática. Para os esportes fora da água, entretanto, não há restrições, e a praia é perfeita. Parapentes colorem o céu, e na areia macia jogadores de frescobol se revezam, completando a paisagem, que – apesar de próxima a balneários onde já houve uma explosão imobiliária – conserva um certo ar selvagem. Os adeptos de futevôlei, vôlei de praia e skate – existe uma pequena pista próxima – não precisam perder tempo procurando: a Mole é ideal.

Para este ano, além das atividades tradicionais, uma novidade: aulas gratuitas de ioga, que ocorrem nas primeiras horas da manhã, em frente ao Quiosque. Durante toda a temporada, a paquera rola solta. A praia reúne muita gente bonita, num festival de corpos esculturais, bronzeados e tatuados.

Para matar a fome sem comprometer a boa forma, o que não falta são opções de lanches integrais e sucos naturais, com muito reggae de trilha sonora. O movimento na Mole vai até tarde, e muitos surfistas só saem da água à noite. Os quiosques acompanham a disposição dos surfistas, e muitos só fecham depois que o último saiu do mar.

Movimento preserva as belezas naturais – Preservação é outro assunto que desperta a atenção dos freqüentadores mais assíduos da Praia Mole. Há dez anos o movimento S.O.S. Praia Mole trabalha com o objetivo de impedir a destruição das belezas naturais da praia e redondezas. Em toda a extensão da praia, lixeiras e placas educativas ensinam que o patrimônio natural é de todos, e a preservação, por isso mesmo, é responsabilidade de todos, turistas ou moradores. A presença de animais é proibida na praia.

A Mole tem uma boa infra-estrutura, com bares, estacionamentos, duchas, sanitários e posto de salva-vidas. Quem quer ficar hospedado pertinho da praia mais badalada do verão, a opção é o Cabanas Praia Mole Hotel. Além de apartamentos, o hotel oferece cabanas. No valor da diária estão incluídas três refeições. Os quiosques na beira da praia oferecem uma grande variedade em lanches, sucos e o açaí na tigela, que virou hábito entre os freqüentadores.

Mural CMMC – Ubatuba / SP

Praia da Almada, Ubatuba - SP

Praia da Almada, Ubatuba - SP

UBATUBA

“Uma foto diz mais que mil palavras”. Como é verdadeiro este ditado! Ou você acha que uma descrição ficaria melhor do que a foto acima?
Quem conhece, sabe: o litoral norte de Ubatuba abriga uma série de praias maravilhosas que, em conjunto, certamente formam uma das mais belas faixas litorâneas do Brasil. As praias:

  • Perequê-Açú
  • Barra Seca
  • Saco da Mãe Maria
  • Praia Vermelha do Norte
  • Praia do Alto
  • Itamambuca
  • Prainha
  • Praia do Félix
  • Praia do Lúcio ou das conchas
  • Prumirim
  • Praia do Léo
  • Praia do Meio
  • Puruba
  • Praia da Justa
  • Ubatumirim
  • Praia da Almada
  • Praia do Engenho
  • Praia Brava do Norte
  • Praia da Fazenda
  • Praia das Bicas
  • Picinguaba
  • Praia Brava do Camburi
  • Camburi

A CMMC Time Sharing – Turismo tem empreendimentos nessa região, quer dar uma olhada?